domingo, 14 de junho de 2015

VIDA DE INTÉRPRETE



Vida de intérprete não é fácil, por quê ele é um dos primeiros a se colocar diante do público, mas esta sempre atrás das palavras dos outros, pois precisa ouvir para depois realizar a interpretação. Ele tem que executar seu trabalho com excelência e qualidade, esta atualizado em relação ao sinalário e ao mesmo tempo esta atento a compreensão do surdo para ser simplista se necessário, se equiparando ao mesmo nível linguístico de seu público. Ele está sempre visível, mas tem que se tornar invisível porquê não pode interferir no discurso do outro. Ele é um ser humano, mas as vezes é tratado como um objeto, ora quer que se posicione ao lado da mesa, no outro quer que fique próximo a caixa de som ou até mesmo escondê-lo. As vezes as pessoas acham que ele é surdo ao colocá-lo á frente de uma caixa de som gigantesca e estremamente alta. Outros pensam que o intérprete é um ser mitológico com vários braços para acompanhar a fala de todos ao mesmo tempo. Ora ele é elogiado pelo seu trabalho, em outra ele é culpado pela não compreensão do surdo. Ele exerce um trabalho exaustivo, mas muitas vezes é mau remunerado. A Libras tem seu grau de complexidade, mas para alguns é uma lingua fácil. Essa é algumas das coisas que acontecem na vida de um profissional interprete de Libras.


Igor Rosário

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário nas postagens.